Jesus inicia o seu ministério de curas e milagres para provar suas credenciais. Israel esperava pelo Messias, e Deus queria mostrar que Jesus era o prometido, aquele que tinha poder sobre as enfermidades, a morte e os elementos.

A primeira cura é a do leproso, o que tem grande significado para nós porque a lepra, na Bíblia, é uma figura do pecado. Nascemos pecadores, e se você quiser receber qualquer coisa de Deus deve começar pela cura de seu pecado para ser salvo.

Isso só é possível porque Jesus morreu em seu lugar para sofrer a pena que você deveria sofrer no lago de fogo por toda a eternidade. Ele substituiu você no juízo divino, ressuscitou e agora todo aquele que crê nele como Salvador recebe a vida eterna. De graça.

A lepra deixa a pessoa insensível à dor, por isso o leproso acaba se ferindo o tempo todo sem perceber. Um simples sapato apertado pode causar uma ferida grave sem que o leproso perceba, e a infecção pode levar à amputação ou até à morte por gangrena. O pecado também é assim: nos torna insensíveis e indiferentes às suas graves consequências A Bíblia diz que, com o pecado, a morte entrou na Criação e todos pecaram. Continue lendo »


Onde você está construindo sua casa — sua vida —, na rocha ou na areia? Jesus compara aquele que lhe dá ouvido, que coloca em prática o que ele diz, ao homem prudente, que constrói sua casa sobre a rocha. E a Rocha é ele próprio, Jesus.

Muita gente acha as palavras de Jesus bonitas e motivadoras, mas quantos realmente o levam a sério? Não basta você escutar as palavras de Jesus, é preciso crer nele como Salvador e aplicar essas palavras à sua própria vida.

É comum encontrar nos lares e nas empresas uma Bíblia aberta em algum trecho bonito. Será a Palavra de Deus o alicerce de quem vive ou trabalha ali, ou é apenas um objeto de decoração? Ou, talvez, algum tipo de amuleto para espantar a má sorte e trazer prosperidade?

Quem realmente crê em Jesus irá fundamentar toda a sua vida nele e em sua Palavra. Ele é a Rocha eterna, o único terreno seguro no temporal. Construir sua vida sobre qualquer outro alicerce é ser insensato, como o que constrói sobre a areia. Quando vem o tsunami não sobra nada. Uma construção sólida exige a sondagem do terreno, ensaios de resistência do solo e perfurações em busca da rocha onde o alicerce possa se apoiar. Você já fez esse tipo de pesquisa em sua própria vida? Você já se questionou para saber se está construindo sua vida sobre uma base que irá permanecer no final? Continue lendo »


“Outrossim, o reino dos céus é semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas; e encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a.” Mateus 13:45-46

Valores invertidos parecem ter se tornado regra na existência humana. Geralmente baseamos nossos conceitos de certo e errado através da Bíblia, que nos mostra a verdadeira sabedoria expondo o que agrada ou desagrada a Deus. O grande problema é que cada vez mais indivíduos nem sequer leem este livro que é, ironicamente, o mais afamado de todos os tempos.

Nos afastamos dos princípios bíblicos que promovem paz, discernimento e santidade, priorizando outros veículos informativos de conteúdo muitas vezes duvidosos ou abomináveis à luz do evangelho. Estamos tão acostumados ao pecado que nos tornamos cauterizados quanto a sua gravidade.

Lutamos para nutrir nosso ego a todo custo, nos esquecendo de que enquanto o fazemos ferimos a nós mesmos. Deus, em Seu infinito amor, quer o melhor para nós e por isso enviou Seu único filho para nos trazer a salvação e nos possibilitar viver junto a Ele eternamente. Não desperdicemos esta oportunidade de nos render, pois é a única que temos. Continue lendo »


Jesus avisa: “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores” (Mt 7:15). Como saber quem são? Pelos frutos. Árvores boas dão bons frutos; árvores más dão frutos ruins.

Mas cabe um alerta aqui: os lobos são sedutores. Além de vestidos em pele de ovelha eles vão querer vender para você a ideia de que seus frutos são bons. Não foi isso o que o diabo fez com Adão e Eva?

Deus tinha avisado que comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal era morte certa. Satanás insinuou que Deus estava escondendo deles a melhor parte. O resultado não poderia ter sido pior: Adão e Eva foram atraídos pela cobiça dos olhos, pela cobiça da carne e pela soberba da vida.

E os lobos travestidos de ovelhas, o que oferecem? Aquilo que apela para a ganância da carne, dos olhos e do orgulho. Se você sair pelas ruas convidando pecadores a se arrependerem de seus pecados e a crerem em Jesus para receberem a vida eterna, quantas pessoas você acha que vai conseguir atrair? Mas, se sair por aí prometendo saúde física, financeira e sentimental, irá atrair uma multidão. Continue lendo »